• (11) 3466.5015
  • contato@lmtelecom.com.br

Tempo médio de consumo de TV aumentou 12% nos últimos dez anos

Fonte: TelaViva

Foto - Tempo médio de consumo de TV aumentou 12% nos últimos dez anos

Novos dados levantados pela Kantar IBOPE Media identificam que, apesar das transformações tecnológicas e do avanço de outras plataformas de exibição de conteúdo audiovisual, a televisão segue tendo papel de protagonismo nos hábitos de consumo dos brasileiros: o hábito de assistir à TV regularmente chega a 93% da população nas principais regiões metropolitanas do país.

Para além de ser um hábito recorrente, a televisão gera extensa capacidade de envolvimento do meio. Nos últimos dez anos, por exemplo, o tempo médio de consumo domiciliar de TV passou de 08h18 para 09h17, registrando assim um crescimento de 12% ao mesmo tempo em que a internet performava em ascensão como plataforma de distribuição de conteúdo – o que nos permite concluir, à primeira vista, que o brasileiro não trocou um meio pelo outro, e sim acrescentou as novas plataformas em sua rotina.

Apesar das novas possibilidades na dinâmica do consumo, aqueles que assistem à televisão ainda o fazem em busca das mesmas razões. Segundo o Target Group Index, 71% dos entrevistados afirmaram assistir TV quando querem se informar, enquanto 65% a buscam como forma de entretenimento – ambos os dados se mantiveram estáveis nos últimos cinco anos. A TV, inclusive, segue imprimindo confiabilidade como meio de informação para a população: 56% confiam na TV para se manterem informados. Além disso, entre as pessoas que acessam notícias online, 51% delas o fazem nos sites e/ou aplicativos de canais de TV convencionais – enquanto 42% busca as mídias sociais e outros 29% preferem sites e/ou aplicativos de editoras de jornais.

Por fim, a televisão exerce ainda um papel importante na dinâmica social, para além de entreter e informar os consumidores. O levantamento da Kantar aponta que 51% das pessoas acham que a propaganda na TV é interessante e proporciona assunto para conversas e, entre os que acessam a internet enquanto veem TV, 23% comentam sobre o que assistem nas redes sociais, mostrando mais uma vez como o brasileiro se acostumou a consumir TV e internet de forma simultânea e agregadora.

Outras Publicações

Aprovada destinação de faixas de frequências de 2,3 GHz e 3,5 GHz

A destinação e o regulamento sobre condições de uso das faixas de radiofrequências de 2,3 GHz e de 3,5 GHz foram deliberadas pelo conselh...

Leia +
Mais da metade da população segue ouvindo rádio.

No ano em que mais da metade da população brasileira ouviu rádio todos os dias, segundo pesquisa Book de Rádio do Kantar Ibope Media, o meio se rein...

Leia +
LM Telecom esteve no Streaming Brasil

Da esquerda para a direita, Representante da Claro, Maurício (ABRATEL), José Eduardo (ABRATEL), Rodrigo Ferreira, gerente LM Telecom   &...

Leia +
Secretário de Radiodifusão quer que público avalie a qualidade do serviço

O secretário de Radiodifusão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Elifas Gurgel, afirm...

Leia +
Câmara de São Paulo escolhe presidente e relator de CPI das Antenas

A Câmara Municipal de São Paulo instalou nesta quarta-feira, 13, uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar eventuais irregularidades no...

Leia +
Contato

R. São Carlos do Pinhal 696 - Bela Vista São Paulo - SP

11 3466-5022

contato@lmtelecom.com.br

Criado e desenvolvido por Agência Hauze